Categoria: D.I.Y - Página 2 de 3 » Coisinhas da Sussu

Posts publicados em D.I.Y

Tecido adesivo para paredes e móveis

Postado em D.I.Y por

Sempre achei lindo papel de parede estampado. Os meus preferidos são os de flores e de formas geométricas que criam uma estampa contínua e às vezes até uma textura.

Quando me mudei queria muito colocar um papel de parede no meu quarto, mas sempre adiei esse plano. Primeiro porque as estampas que eu gostava eram importadas, consequentemente o preço aumentava muito e depois é muito trabalhoso, nem saberia por onde começar.

Então comecei a pesquisar alternativas e descobri os Tecidos Adesivos, eles são auto colantes como um contact, só que a parte superior ao em vez de plástico é um tecido. Nem preciso dizer o quanto me empolguei com a facilidade! Hahah

Assim encontrei a Panoah, eles tem tecidos adesivos de 3 tamanhos e uma grande variedade de estampas (na loja tem muito mais que no site) . Trouxe o rolo maior, que é indicado para aplicar na parede. Escolhi um Floral com flores pequenas nos tons de rosa, verde e fundo palha.  Uma estampa delicado e romântico, do jeito que eu gosto.

Apliquei na parede que fica mais a vista e resolvi fazer brincar com formas geométricas e fiz 3 tamanhos de círculos para espalhar pela parede.

O legal é que por ser adesivo possibilita compor o desenho na própria parede, já que é só tirar uma pontinha da proteção e grudar na parede, se gostar da composição você termina de aplicar.

Fui aplicando aos poucos, comecei de cima para baixo. A aplicação segue o mesmo esquema que contact, começa aplicando um canto e vai descendo puxando a proteção de baixo. Se caso formar bolha de ar é só furar com um alfinete.

Como sobrou muito tecido aproveitei para forrar meu mini armarinho que era branco e sem graça.

Para cortar o tecido adesivo nas medidas certas primeiro fiz um molde com cartolina de cada parte do armarinho, depois risquei na parte de trás do tecido e recortei.

A aplicação foi no mesmo esquema que da parede. Aproveitei para trocar os puxadores do armarinho e colocar esses de louça antiga que eram da minha família.

 

  • Comprei o rolo de Tecido Adesivo na Panoah, paguei por volta de R$250,00,  no site tem todas as informações.

 

Deixem dicas nos comentários de posts que vocês gostariam de ver aqui no blog! 🙂

 

Beijos Sussu

Customizando com os Kits de tachas da Renner

Postado em D.I.Y, Moda por

Sempre gostei muito de customizar minhas coisas, deixa-las com a minha cara, meu jeito.  Isso acontece também quando não encontro roupas ou bijuterias do jeito que desejo, então a melhor maneira é fazer ou refazer para chegar mais próximo do imaginado.

Quando vi esses kits de tachas na Renner  achei muito legal e trouxe pra casa, pois sabia que teria alguma ideia para elas.

São 2 tipos de tachas: um que pode ser colocado e retirado quando quiser e outro para ser fixado.

O primeiro Kit é o Custom Easy, ele vem com 50 tachas em tamanho pequeno e um aplicador. Os modelos variam entre tachas e spikes e as cores prata, dourado e rosê.

Elas são fáceis de aplicar. Basta escolher a posição que você vai coloca-las, marcar todas  fazendo o desenhoe depois fixa-las.  Consegui colocar facilmente no jeans, mesmo sendo um material mais grosso.

Depois de encaixada basta usar o aplicador para virar as garrinhas e apertar bem.  A tacha vai ficar fixa  a roupa poderá ser lavada sem problemas.

O outro modelo é de pin, como “broche”. Esses podem ser colocados e tirados sem problemas, quase não deixam marca na roupa.

Essa tacha é um pouco maior e também pode ser encontrada em dourado e prateada.  Gosto de coloca-las em coletes e golas de camisa, lugares fáceis para tirar na hora de lavar.

  • Os dois modelos são vendidos na Renner. O Custom Easy com aplicador custa por volta de R$20,00 e a cartela de Tachas (pins) com 6 custa R$20,00

 

Vocês já testaram customizar roupas com tachas?

 

Beijos Sussu

Os Max Colares feitos por mim

Postado em Acessórios, D.I.Y por

Já contei o quanto gosto fazer bijouterias. Teve época que eu fazia bastante, montava bazar e vendia muito, mas muito mesmo. Era super divertido e gostoso! 🙂

Na verdade comecei  a me interessar quando ainda era criança, através do Tear e da miçanguinhas, mas foi na adolescência que  aprimorei minhas técnicas. Ia na 25 de Março, comprava muitas peças para montar pulseiras, colares, brincos e colocava minha criatividade para fora.

Acho que essa necessidade de criar é o que ainda me faz gostar e sempre volto a fazer peças, mesmo que seja só para mim. A sensação  quando pego as ferramentas, alicates, correntes, pedras e dou um sentido para elas é tão gostosa, prazerosa!  #adoro

Por isso resolvi compartilhar com vocês minhas ultimas criações,  alguns Max Colares. Desde que essa tendência  surgiu, comecei a pesquisar, mas não encontrava modelos mais discretos e quando achava eram muito fáceis de serem feitos.

Então resolvi fazer os meus Max Colares. Muita coisa eu já tinha em casa, mas o que faltou comprei na 25 de Março e gastei muito pouco.

A Mari me mandou um DIY com esse modelo , mas o original era feito de miçangas grandes e azuis. Tem foto dele aqui no  meu Pinterest. Claro  que resolvi adaptar, fiz  uma versão mais chic com  mini pérolas grafite e branca e mudei também a  trança, fiz  com mais fios para ficar mais cheia. rs

O Cacho de Pérolas é meu xodó.  Tem umas 40 pérolas nesse colar. A intenção era justamente centralizar as pérolas e deixar bem cheio.  Algumas eu fui colocando  com o colar no corpo, e vendo onde tinha espaço vazio.

Como eu fazia muito colares para vender com muranos ainda tinha essas pedras, então aproveitei o degradê azul e aproveitei para fazer um colar curtinho.

Gosto muito desses colares de corrente que fazem um V. Nesse usei uma corrente de elo fino para deixar bem leve e fiz o acabamento com pérolas médias.

Adoro esse colar,  acho  super versátil e um mais simples que o anterior. Usei 2 tipos  diferentes de corrente para fazer o V. Esse colar é mais pesado que o outro de ouro velho.

Mais uma versão de corrente, dessa prateada e bastante diferente  dos outros. A corrente fica pendurada e separadinha por bolinhas, parece uma franja.

Ufa, cansaram de ler né? Acho que me empolguei. hahah

Mas se vocês gostarem, posso mostrar mais vezes as bijoux que ando fazendo. Deixem no comentário se é legal esse tipo de post!

 

Beijos Sussu

D.I.Y : Pulseiras de courinho com pérola, strass e corrente

Postado em D.I.Y por

Adoro um acessório, inclusive já comentei várias vezes isso aqui no blog que minha caixinha de Anéis[bb], pulseiras, brincos, tiaras, relógio está lotada!

Já faz algum tempo fiz um D.I.Y mostrando como fazer  algumas pulseirinhas de couro colorida e agora vou mostrar mais alguns modelos lindos e super fáceis.

Essas pulseiras são inspiração das que a Pripoka fez em um post  no Passando Blush. Adorei a ideia e os modelos, mas na hora de fazer as minhas adaptei algumas coisinhas, como a cor prateada e o tamanho das pérolas e do strass.

Material anotado, chegou a hora de ir na 25 de março com a Dani e a Bella,  do blog 9 ml, comprar tudo precisaríamos, pois lá é o melhor lugar em São Paulo para comprar peças de montagem .

Escolhemos fazer três modelos, uma de pérolas, outra de strass e por último a de corrente.  Todas com courinho colorido, alias a maior dificuldade foi escolher a cor do courinho pois lá encontramos muitos tons lindos.

Para fazer as pulseiras usamos:

• 1 metro de fio de pérolas

• 1 metro de fio strass

• 1 metro de corrente

• 1 metro de courinho colorido para cada pulseira

Todas as pulseiras seguem o mesmo esquema, primeiro deve-s cortar o fio de pérola, strass ou corrente do tamanho que seja a metade do seu pulso, pois essa parte ficará em cima e na parte d baixo ficará o courinho. Cada fio depois de cortado é possível fazer em média 8 pulseiras[bb].

Com as pérolas e os strass já separados é só começar a enrolar o courinho, lembrando de deixar um pedaço de uns 4 dedos para fazer o fecho. Para fixar o couro na pérola ou no strass é só fazer um nó e deixar a primeira bolinha dentro.

Depois de enrolar até o final é só fazer o mesmo nó na última pérola ou strass.

Já na pulseira de corrente, o courinho é passando entre os elos. Comece com um nó prendendo um elo e em seguida a passe o couro por dentro e por fora dos elos até chegar no final da pulseira.

As vezes explicar é  um complicado então a Pripoka  me autorizou colocar o vídeo Tutorial onde ela ensinou a fazer todas esses modelinhos!

Preparem-se, peguem um bloquinho, anotem  o passo a passo e bora fazer pulseirinhas:


Quem tiver dúvidas deixa um comentário! 😉

 

Beijos Sussu

Pulseiras couro trançado

Postado em D.I.Y por

Sempre comentei no blog, no twitter ( #vemgente @coisinhasdsussu) o quanto sou louca por de acessórios. Às vezes começo a me enfeitar tanto que se não prestar atenção fico igual à Carmen Miranda. haha

Dependendo do momento escolho um item para ser o queridinho da vez entre os vários brincos, colares, anéis, tiaras que abrigam minhas caixinhas[bb] e gavetas.

Já faz um bom tempo que me apaixonei por anéis de tal maneira que não consigo me arrumar e não escolher um para usar. Grandes ou pequenos não importa, gosto de misturá-los e sempre que vejo um diferente desejo muito até enfim comprá-lo.

Mas felizmente nem só de anéis eu vivo e aos poucos fui procurando outros acessórios para combinar com eles.

Um dia desses passeando pelo paraíso da 25 de março vi vários courinhos coloridos trançados e logo comecei a ter algumas idéias do que fazer. Nessas horas minha mente viaja, me dá vontade e comprar tudo e voltar a fazer bijouterias[bb]para vender..rs

Apesar do arco íris de cores consegui escolher os tons que mais combinariam com minhas roupas, trouxe para casa e ainda empolgada com a novidade montei minhas pulseiras.

Elas são bem simples e fáceis de montar e o material usado não tem segredo:

•  Fio de couro trançado, 1 metro
•  Terminal para por nas pontas do couro 
•  Fecho
•  Argolas 
•  Pingentes ou medalhinhas
•  Cola de contato para por nos terminais e ajudar a fixar melhor o couro 
•  Alicate de bijouteria.

Eu gosto de badulaque e barulho ( sentiu a vibe Sinhozinho Malta?! haha) então fiz todas com uma medalhinha pequena junto do fecho e escolhi algumas para por um pingente maior.

Costumo usar de duas a três pulseirinhas juntas. Escolho um ou dois tons neutros[bb], como marrom escuro ou grafite a terceira colorida de acordo com o tom da  roupa que estou usando.

Minha preferida é a coral da foto. Ela fica linda com marrom, essa é uma das combinações que uso com frequencia.

O legal é que podemos misturá-las com pulseiras de material e textura diferente, como a de corrente ou  as de argola com pingentes.

As combinações são muitas, só depende da criatividade de cada um.

Gostaram da dica? Qualquer dúvida pode deixar nos comentários!

 

Beijos Sussu