O que escrever e como escrever

Postado em Moda por

Oi garotas… Depois de quase duas semanas de atraso volto a escrever para vocês. Claro que a Dona Suzana vai usar seu julgamento cruel e dizer que eu sou um completo desleixado e que não me preocupo com o blog e bla bla bla… e mais bla bla bla… Mas, como não costumo me preocupar com bla bla blas…

Ok. Vamos direto ao assunto. Hoje vamos falar de algo extremamente importante. Talvez o ponto mais importante de todo blog. “O conteúdo”. Na verdade não o conteúdo em si, mas sim o que escrever e como escrever.

Muitas meninas começam um blog com a seguinte idéia: “Ai que legal. Com meu blog vou escrever o que eu quiser. Vou escrever sobre moda, sobre esmaltes, maquiagem, beleza, cosméticos, até sobre a morte do cachorro amarelo da vizinha da tia Gertrudes… Aeee dona  Gestrudes. Uhuu!  E todas as minhas amigas vão ler, as colegas da escola, da faculdade, amigas do facebook, do Twitter e muitas outras pessoas… Oba!”.

Legal esta idéia né gente?! Nossa. Super legal! O problema acontece quando você começa a escrever, escrever, escrever… e ninguém lê nada do que esta escrito. Ai você pensa… “Malditas amigas ingratas! Nem para dar uma passadinha no meu blog e escrever um comentário sequer”. Ai você desanima, desiste do blog e acaba sua odisséia de alguns meses.

Bom, a questão pode ser mais simples do que pensamos. Claro que existem várias possibilidades para o fracasso, mas a mais comum é… Ninguém se interessa pelo que você escreve porque você não sabe escrever. Você escrevendo é uma pessoa comum, como qualquer outra pessoa comum. Chato isso não? Pois é. Bem chato. Mas isso não quer dizer que precise desistir. Só quer dizer que você não é interessante.

Ah Ricardo, mas ai você pegou pesado hem!.. Como assim não sou interessante?! Seu japonês e meia tigela! Quer levar porrada é?

Calma meninas, eu sei que isso afeta o ego. Ou melhor, “machuca” o ego. Mas comecem a entender uma coisa. O universo da escola, da faculdade, do facebook, da família é diferente do universo dos blogs. Quando vocês estão na faculdade, por exemplo, existe um contexto para isso acontecer. Vocês estão lá com um objetivo – Terminar o curso e se formar, para depois disso ter mais condições de arranjar um trabalho bacana. – Tudo o que acontece em torno deste objetivo é o contexto da faculdade.

Quando vai escrever no seu blog,  primeiro deve ter antes a idéia do seu contexto. Ou melhor, do contexto do assunto a ser tratado.

Ok, vamos as dicas. Se vocês vão escrever sobre esmaltes, por exemplo, não queiram ser uma “mão feita”, uma “louca por esmaltes” ou mesmo uma “9ml”. Estes blogs só são o que são por terem qualidade no conteúdo, estrutura de informação e focarem muito bem o seu público. Leva tempo para ter uma credibilidade deste porte. É obvio que são referências e é muito importante trocar conhecimentos com elas. Agora, prestem atenção… Quem se espelha nos grandes também terá as mesmas dificuldades que os grandes tiveram. Perguntem para as meninas se é fácil administrar um blog deste porte?!.

Por isso, comecem com vocês, não queiram ser quem não são. Se vai escrever sobre esmaltes, pesquisem antes o que o contexto dos esmaltes e o seu próprio contexto diz. Encontre dentro dele algo que nunca ninguém imaginou escrever. Por exemplo… Será que alguém, alguma vez, já imaginou fazer uma entrevista com uma pessoa que é essencial no contexto dos esmaltes? “O químico”? O que será que ele tem a dizer? Será que a esposa dele ou as filhas usam os esmaltes que ele faz? Será que as diversas tonalidades de rosa são artificiais ou são iguais aos corantes de cochonilha “aqueles besourinhos simpáticos que comemos no sorvete.”? Melhor ainda… Se os esmaltes são tão legais e tão bacanas, por que os homens não usam?

Tudo isso é contexto. E dentro do contexto, você pode encontrar diversas possibilidades de ampliar o que escrever.

Agora, o “como escrever” vai depender muito do público que quer atingir. Se for um público jovem não vai usar frases do tipo: “Este intrépido post caminha ao seu fenecimento”. E também da sua própria personalidade, afinal, escrever e ser autêntica não é ruim… Mas dica: tentem não agredir ninguém com o que escrevem, mas se acontecer algum conflito nunca fiquem em cima do muro. Tenham opiniões criteriosas sobre o assunto e não deixem nunca de pesquisar o contexto. Ninguém gosta de se relacionar com pessoas sem personalidade.

É isso meninas. Mais uma vez escrevi demais. Semana que vem teremos uma historinha super bacana da Suzana.  Aguardem…

Bjs
Ricardo

31 Comentários em O que escrever e como escrever

  1. Lola

    21/5/2010 às 15h40

    Fantastico!
    ele escreveu tudo que eu queria ter escrito!
    Ricardo, u rock!!!!!!!

    Responder
    • Ricardo Maruo

      21/5/2010 às 15h50

      Comentário resposta para Lola

      Hei Lola… rs… U Rock !! é do tipo… Oh Hei Mister bad motherfucker rock n roll?
      Obrigado linda.
      Bjs

      Responder
  2. Mônica A

    21/5/2010 às 15h49

    Adoooorei o post, Ricardo!
    Vou indicar para muitas meninas que estão iniciando seus blogs e nos escrevem pedindo “parcerias”
    Ahh..”parceria” para elas significa trocar links 🙂
    Aliás, tá ai uma sugestão de tema. Não é apenas através de troca de links q um blog vai pra frente… elas se iludem achando q sim, isso é tão chato …
    E realmente, dá muito trabalho manter um blog e fazer posts com cara de que não deu o menor trabalho, rs.
    Beijo! E obrigada pela referência 🙂

    Responder
    • Ricardo Maruo

      21/5/2010 às 15h59

      Comentário resposta para Mônica A

      Eu é que agradeço Mônica. Tai uma ótima sugestão para o próximo post. Essa corrida desenfreada por links e parcerias na ilusão do sucesso!

      Eu lembro de um ditado: “Quanto mais perto do topo, mais trabalho temos” Completamente desmotivador, mas a pura verdade… Quem pensa que vai ter sucesso e ficar sentado na rede balançando os pezinhos cor de rosa esta completamente enganada… Mas que bom que gostou do post.

      O próximo falo sobre os links, pode deixar.

      Bjs

      Responder
  3. Loise Goebel

    21/5/2010 às 16h05

    Ricardo, post perfeito!
    Parabéns!!! Adorei!
    ;**

    Responder
    • Ricardo Maruo

      21/5/2010 às 16h15

      Comentário resposta para Loise Goebel

      Obrigado Loise. Parabéns a vcs do 9ml que conseguem manter sempre a audiência alta.
      Bjs

      Responder
  4. beeanka

    21/5/2010 às 16h13

    Putz Ricardo, você conseguiu escrever tudo o que estávamos discutindo esses dias.
    Muita gente ainda não entendeu que não adianta ser mais do mesmo, tem que ter algum diferencial. E que não é pentelhando os outros que vai conseguir formar o público. Os leitores precisam ser cativados, não COMPRADOS.
    Mas, né.
    Os bons sobreviverão, EHSAIOHAIUOAHOEUIASEA.

    Responder
    • Ricardo Maruo

      21/5/2010 às 16h24

      Comentário resposta para beeanka

      Pois é bee. Como a Internet é dinâmica, o mundo virtual é muito mais veloz do que imaginamos. E isso é bom, pq força as pessoas a criarem mais possibilidades no mesmo problema. O diferencial resume-se a criatividade. Olhar o mundo sempre com a mesma lente vai ficando sem graça né?

      Mas é isso ai garota. Os bons sobreviverão mesmo… rs

      Bjs

      Responder
  5. Kamyllah Z.

    21/5/2010 às 16h52

    Ah Ricardo…excelente texto, mas sabe o q é triste? Quem deveria ler, não lerá! Sabe, igual reunião de pais, q os pais dos maus alunos nunca aparecem pra ouvir a prof? hehe Então..Obrigada pelas referências, Realmente não se faz um blog bacana do dia para a noite e muita gente acha o contrário…
    Bjus

    Responder
    • Ricardo Maruo

      21/5/2010 às 17h18

      Comentário resposta para Kamyllah Z.

      rsrsrsrs… Não fala assim Zatz… Eu fui uma das crianças que os pais nunca iam nas reuniões de tão perturbado q era… Bad Maruo!. Ta vendo, se tivesse estudado mais talvez não estivesse falando de redes sociais. Talvez virasse político…rs rs. Mas é isso mesmo Zatz. Não se constroi conteúdo de um dia para o outro, ainda mais se tratando de experiências e mais experiências, né?

      Não esqueci da proposta não viu. Só a Suzana dar uma paradinha e conversamos… Antes mesmo de vc perceber. Como vc mesma disse: “vai ser bem divertido!”

      Bjs

      Responder
  6. Yokohama

    21/5/2010 às 17h58

    Como sempre outro post show!
    Realmente, ultimamente os leitores não estão lendo nem posts pequenos e bem escritos, quando mais “cartas on-line” mal escritas…
    Anotando aqui todas as dicas!

    Responder
    • Ricardo Maruo

      21/5/2010 às 18h19

      Comentário resposta para Yokohama

      Oi Yoko. Acho que vc tem razão em um ponto. Q os leitores realmente não estão lendo nem recados em post it… De tão curto q estão os posts. Mas por outro lado acho que quem escreve deveria, como disse a Beenka, deve cativar o leitor. E entenda cativar como instigar tbm.

      Imagine você se na época q o Michael Jackson morreu, vc escrevesse qualquer coisa sobre a morte dele. Já se tornaria comum antes de começar. Agora se alguem espalhasse na rede que o Michael Jackson não havia morrido e que estava se escondendo em um hotel luxuoso na Av. Paulista… Quanto será que este cara instigaria o leitor e consequentemente movimentaria as reservas no hotel?

      De todos os lados a gente consegue instigar. De todos os lados existem possibilidades. A questão é… Queremos pagar o preço das nossas informações? Por isso uns blogs conseguem alavancar bem rápido. Pq sabem trabalhar este ponto, esta informação desconexa… Agora na minha opinião, ainda fico com a autenticidade do que com a fama.

      Bjs

      Responder
  7. Cristiane

    21/5/2010 às 20h13

    Nas minhas andanças pela net sempre entro em vários blogs dos mais variados temas e desses são poucos os que eu me tornei leitora assídua , tem muito blog que vc entra uma vez e não volta mais ou até volta mas nunca comenta, eu acho que o blog tem que cativar mesmo seus leitores, quem escreve tem que se preocupar com quem vai ler…concordo com o seu post, eu mesma já pensei em ter o meu blog, mas pensei duas vezes e decidi ser apenas leitora e admiradora dos outros blog que abordam os temas que eu gosto.

    Responder
    • Ricardo Maruo

      22/5/2010 às 09h02

      Comentário resposta para Cristiane

      Pois é Cristiane. Consciência é isso. Definir o que é legal ou não – o que pode ou não – o que quer ou não. Agora veja, todo mundo pode criar um blog. Não é um bicho de 7 cabeças… Não escrevi o post para dizer que as coisas são difíceis de acontecer, só que é necessário esforço. E acima de tudo, empenho. Porque, como dizia Leonardo da Vinci, só 10% é criação… os outros 90% é pura transpiração. Se quiser abrir um blog não começe com a idéia de que é muito difícil… Começe sim com a idéia de que terá muito trabalho.

      Bjs

      Responder
  8. Kellen Fanchini

    22/5/2010 às 09h37

    Chegou no ponto que poucos chegam!Qualidade de conteúdo, isso realmente atrai leitores. Mas também não adianta nada escrever bem pacas e postar uma vez por mês, concorda?

    Esse é o triste caso do meu Palavras de Brinquedos…coitado!

    Triste quando a vida de liberdade acaba e vc passa a não ter tempo para as coisas que ama…

    Responder
    • Ricardo Maruo

      22/5/2010 às 14h30

      Comentário resposta para Kellen Fanchini

      Pois é Kellen… Outra coisa que posso falar nos próximos posts. A frequencia dos posts. Como vc mesmo disse é ruim quando vc escreve muito bem e só atualiza o blog de vez em quando. Mas ai enrta um truque até que meio ingênuo, mas que funciona. Pegue um dia da semana, por exemplo… um sábado ou domingo… E escreva posts curtos. Vai demorar umas duas horinhas. Uns dois ou três. E deixe programado para sair durante a semana. No meio da semana se por algum acaso surgir alguma coisa interessante para publicar vc alterna com os que já fora programados. Ai o seu blog sempre vai estar ativo. Neste processo vc economiza uns dias de escrita.

      Bjs e obrigado pela dica e o comentário.

      Responder
  9. Mayarinha

    22/5/2010 às 20h46

    Nham Ricardo parabéns pelo post, sempre começo a ler seus post mais confesso da sono e pruff nem acabo de ler e comentar só por comentar tenho certeza que isso tbm não é proposta de nenhum blog, apesar de meninas se contentarem com um – Ta lindo beijos passa no meu http://www.comentamevisita.com e cm vc mesmo disse pra chegar ao topo com as meninas do LPE e do 9ml tudo levou tempo e dedicação de suas escritoras…adorei o post

    Bjos pra vcs dois

    Responder
    • Ricardo Maruo

      23/5/2010 às 10h48

      Comentário resposta para Mayarinha

      rsrsrsr… Oi Mayarinha. O sono é realmente complicado. rs. E realmente não é a proposta de nenhum blog que as leitoras durmam no meio da leitura… rsrsrs. Afinal, se isso acontece praticamente os posts são uma “canção de ninar”. rsrsrs.
      Muito bom seu blog. Tudo bem que não consegui entrar no link que me passou, mas já tinha visitado seu blog antes. Você já é bem conhecida por mim. Ainda mais depois que ganhou “até” as paçoquinhas… rs
      Bjs

      Responder
  10. Carol Heinrichs

    23/5/2010 às 01h04

    Adorei Ricardo! Falou bonito.
    Realmente ter um blog não é tão fácil como a gente imagina. A gente imagina que vai escrever só pra gente, depois começa a divulgar pras amigas, depois as amigas das amigas começam a entrar e no fim, muita gente que a gente nem conhece (muitos de outros países até) passam a nos “acompanhar” e isso é interessante.
    Acabamos por ter maior responsabilidade pelo conteúdo, nos preocupamos com a frequência dos posts e principalmente com as palavras usadas.
    É uma responsabilidade que a gente nem espera, mas que depois dá uma satisfação.
    Adorei seu post, vou aguardar o próximo.
    beijoss

    Responder
    • Ricardo Maruo

      23/5/2010 às 10h54

      Comentário resposta para Carol Heinrichs

      Então Carol… Você disse tudo. A Palavra mesmo é “responsabilidade”. Acho que isso resume o post inteiro. Mas veja… responsabilidade pressupõe “pagar o preço”. Se faço algo com responsabilidade sempre terei uma consequência que deverei levar adiante. E em blogs as coisas não são diferentes. Se escreve com responsabilidade não agride o meio e vive em harmonia. Caso contrário… será mais um querendo fama e sucesso sem se importar com o contexto. E isso, não só para blogs mas para todas as coisas da vida acareta consequências… Se esta a fim de pagar o preço ótimo! Se não.. nem começem, certo?
      Achei seu blog bem interessante. Bem clean e ótimo conteúdo.

      Bjs

      Responder
  11. Karlla Renata

    23/5/2010 às 10h14

    Oi Ricardo,ótimo post como sempre!A gente não imagina quando cria um blog o trabalho que da para manter, o meu ta totalmente parado pq eu não tenho mais tempo pra postar mas em breve espero poder continuar!

    Um beijoka, Ká

    Responder
    • Ricardo Maruo

      23/5/2010 às 10h59

      Comentário resposta para Karlla Renata

      Oi Karllinha… Pois é, este problema do tempo é sempre bem complicado né. As vezes queria que o dia tivesse umas 50 horas e a noite mais 50h. Ai, quem sabe poderia fazer tudo…rs. Mas dá uma olhada na dica que deia Kellen ali em baixo. Talvez ajude.

      Bjs

      Responder
  12. Mayarinha

    23/5/2010 às 12h23

    ahuhaua Ricardo esqueci esse link era só pra zuar do tipo tem gente que vista o blog e só diz ta lindo e passa no meu e me vista ahuaha mais aki ficou como link auahauaha

    Ah as paçoquinhasss… fala não que ta ate dando voltade de comer ahuahauha
    Bjim

    Responder
  13. Mari Santos

    24/5/2010 às 18h33

    Ricardo sempre colocando uma luz no fim do tunel! rs
    Adoro seus posts! Sempre bem uteis para iniciantes, intermediárias e avançadas!!!

    Responder
  14. Fernanda

    24/5/2010 às 21h25

    Eu e a bi lemos o post quando estávamos arrumando algumas coisas do blog, haha. A bi eu não sei, rs, mas adorei o post 😀 Ficou bem legal e esses dias até tava falando com a bee sobre isso lá no twitter… Que hoje tem muita gente criando um blog para chegar no topo! Os melhores blogs, que eu conheço, começaram sem essa preocupação.. só escrevendo e compartilhando!

    Responder
  15. Luh

    25/5/2010 às 12h08

    Ricardo, bem legais as dicas que você deu!

    Comecei meu blog há pouco tempo e tento sempre postar coisas diferentes, que atraiam as pessoas.

    È complicado pra caramba!

    Beijão!

    Responder
  16. Caroll Souza

    26/5/2010 às 12h39

    Ricardo, você é um deus de conselhos blogísticos (isso existe? o.O)
    gosto muito dos seus posts e de como você responde aos comentários das meninas também!
    sempre com o intuito de conscientizar que escrever blogs, apesar de ser prazeroso, dá trabalho, sim! e que não é copiando post dos outros (seja deliberadamente, seja parafraseando) que se vai pra frente!

    outra coisa importante (pelo menos eu considero) é a atenção que se dá pras leitoras. Por exemplo, eu não sou de comentar muito, vejo sempre, admiro, mas… comentar?! não é o meu forte mesmo!!!
    pra compensar eu sempre escrevo horrores. pq só escrevo quando tenho realmente algo pra falar, não sou adepta do “o blog tá lindo, o post maravilhoso e suas unhas perfeitas. Bjo”.
    Então eu considero a atenção e o carinho com que vocês (especialmente Sussu e o LPE, que sou fã de carteirinha) lêem e respondem os comentários como um dos fatores essenciais que atraem e cativam as leitoras/leitores de todo e qualquer blog.

    É desestimulante acompanhar sempre um blog e, quando dá vontade de comentar no dito cujo, não perceber um feedback dos autores para com os seus leitores.
    Há vezes em que os comentários são o que nos torna leitoras assíduas e participativas e muita gente não dá atenção!
    Não tô dizendo com isso que é pra sair respondendo todo os comentários que aparecem mas não acredito que não há coisas relevantes que não mereçam ser respondidas.

    Bom, é isso. Desculpa o livro, tá?
    bjos!

    Responder
  17. nshcguysGFYAgr

    22/11/2011 às 19h02

    eu queria saber como escrever se ele pudesse me dizer eu fico satisfeita por que nao sei como escrever e tenho apenas 11 anos quero saber como posso escrever mais o que escrever vc foi otimo e agora ja sei mais e como colocar alguma coisa no meu blog ? poderia me falar ? entro nesse site semana que vem por favor me responda

    Responder
  18. Maia Vox

    14/1/2012 às 10h26

    Ei Ricardo, post muuuuuito bom. Agora dah pra eu ter uma ideia melhor e deixar meu blog mais legal. Obr, se não fossea asua forma de escrever eu não leria esse texto todo… rs’ De novo, OBRIGADA! ;D

    Responder
  19. Erika Alves

    10/11/2012 às 12h58

    Ei! Obrigado elas dicas!

    Responder
  20. ayeska

    19/12/2013 às 14h53

    e muito bom

    Responder

Deixe um comentário